Blog da Online Traders

O que é short e como operar vendido na bolsa?

Inscreva-se em nossa Newsletter

Deixe seu email e tenha acesso antes aos nossos conteúdos.

O que é short e como operar vendido na bolsa?

Entenda o que é short e saiba o que é preciso para operar vendido na bolsa de valores.

Se você opera na bolsa de valores há um certo tempo, já deve ter ouvido falar em operar vendido, ou operação short, ou até mesmo venda a descoberto (quando se opera com ações).
Apesar do risco envolvido, é uma oportunidade para lucrar quando o cenário parece desfavorável.
O trader que domina operações short consegue algum lucro até mesmo diante das maiores crises.
Curioso para entender mais sobre a operação short? Leia o texto até o final!

O que é short?

Short, ou operar vendido, é uma operação de ativos na bolsa de valores que se aproveita da desvalorização do ativo para lucrar.
Basicamente, você vende um ativo a determinado preço e, se ele for desvalorizado, seu lucro é a diferença de preço que você vendeu e o preço que você recomprou esse ativo.
Ou seja, você aposta na queda de um ativo. Se ele realmente cair, você lucra. Entretanto, se ele valorizar, você perde dinheiro.
Grandes investidores já fizeram história e fortuna apostando na queda de ativos em momentos de crise, mas este tipo de operação também envolve muitos riscos.

Exemplo de short

Imagine que você está operando com o ativo PETR4, que está em R$20,00.
Você acredita que, até o final do dia, essas ações cairão 5%. Então, você vende um lote de 100 ações, totalizando R$2.000,00.
Se, ao fim do dia, realmente houver uma queda de 5%, você lucra ao comprar novamente as mesmas ações a um preço mais barato.
Neste exemplo, você lucraria R$100,00.
Porém, se as ações forem valorizadas 5%, você perderá R$100,00.
Isso porque, para fechar a negociação, sempre é necessário comprar de volta as ações vendidas.

Dúvidas sobre o short

Uma das principais dúvidas sobre o short é: e se eu não tiver dinheiro para comprar as ações de volta no prejuízo?
É por este motivo que é exigida uma margem de garantia para operações de short.
Veja, agora, algumas outras dúvidas sobre operar vendido.

E se os ativos ficarem com você de um dia para o outro?

É possível alugar ações na bolsa para operar vendido. Dessa forma, você finaliza a operação (compra) quando bem entender.
Já para o caso de ativos como índice e mercado futuro, a posição deve ser fechada no mesmo dia.

Como calcular a margem de garantia?

O valor da margem de garantia dependerá do ativo negociado e da plataforma pela qual ocorrem as operações.
Ao alugar uma ação, por exemplo, o próprio home broker já informa qual o valor da margem de garantia exigida.
No caso do day trade, com R$200,00 de margem de garantia, você consegue vender um lote de até R$5.000,00 operando BOVA11 (alavancagem de 25 vezes).
O valor do BOVA11 a ser depositado como garantia equivale a 118% do preço atual de cotação.
Cada ativo tem sua margem, então procure se informar antes de prosseguir com a venda.

É obrigatório alugar ações?

Não, o aluguel de ações não é obrigatório para operações short. Se você quiser, pode operar no day trade, com a condição de vender e comprar no mesmo dia.

Quais são os riscos do short?

É importante que você conheça bem os riscos do short antes de investir, já que eles podem ser expressivos para você.
Os principais riscos de operar vendido na bolsa de valores são:
Possibilidade de perdas ilimitadas;
Altos custos com a taxa de aluguel.
Vamos explicar melhor esses riscos a seguir.

Perdas ilimitadas

Quem investe operando vendido (short) na bolsa de valores acredita na queda do preço de um ativo.
Se suas previsões não se concretizarem, ele pode ter prejuízo.
Dessa forma, o risco da operação está na possibilidade do ativo ser valorizado por um prazo indeterminado, indo contra a queda, que seria o lucro.
Um ativo que foi vendido a R$100,00 em operação short e fica valorizado a R$500,00, gera um prejuízo de R$400,00.

Taxas de aluguel

Para operar short com ações, o trader precisa alugá-las e pagar uma taxa ao proprietário.
A taxa de aluguel de um ativo tende a aumentar conforme a sua demanda.
É importantíssimo estar por dentro das taxas de aluguel, além da taxa de corretagem normal.
Isso porque, mesmo no lucro, o valor das taxas pode acabar tomando todo o investimento do trader.
Por isso é tão importante conhecer todos os detalhes antes de operar short, ou qualquer outro tipo de negociação na bolsa de valores.

 

Posts Relacionados