Blog da Online Traders

Aprenda a operar vendido na Bolsa de Valores

Inscreva-se em nossa Newsletter

Deixe seu email e tenha acesso antes aos nossos conteúdos.

Aprenda a operar vendido na Bolsa de Valores

Aprenda a operar vendido na Bolsa de Valores - Day Trade

Mesmo com o mercado em queda, saiba lucrar com a estratégia de operar vendido no Day Trade.

Quem quer ter sucesso ao investir em renda variável precisa entender os movimentos de alta, queda e de instabilidade no mercado financeiro. Aliás, mais do que isso: o investidor precisa ter estratégia e habilidade para cada um desses momentos. Ou você acha que quem fatura diariamente em operações de Day Trade fica esperando o mercado sempre estar favorável?

É neste artigo que vamos contar tudo sobre como os traders consistentes aproveitam a queda na Bolsa de Valores para operar vendido. Ou seja, como vendem ativos mais caros e depois buscam comprar mais barato, lucrando nas transações.

 

Lucrando com o vento contra

Imagine que durante uma competição olímpica de barco a vela, de repente, o vento vire em direção contrária. Você sabe o que acontece? Não dá para simplesmente parar e cruzar os braços. Diferente do vento a favor ou lateral, com ajuste certo nas velas e bolina (cabos de sustentação), o veleiro deixa de navegar em linha reta e avança em diagonal ou zigue-zague, mas também rumo à linha de chegada. Perceba que o velejador não perde de vista o seu objetivo e nem deixa seu desempenho diminuir. Ele adapta-se rapidamente!

Na Bolsa de Valores, ajustar as velas para lucrar com a queda de mercado é uma prática rotineira. Em operações de Day Trade isso significa, na prática, apertar um botão – claro, se sua estratégia dentro da plataforma estiver configurada corretamente (saiba mais). Mesmo assim, você precisa entender como funciona e qual o momento certo para fazer esse tipo de operação, que também pode ser utilizada em outras modalidades de renda variável, como Mercado de Ações.

 

Venda caro, compre barato

Para operar vendido, o investidor está indo contra a tendência de valorização do ativo. Ou seja, realiza uma entrada em renda variável esperando que esse mesmo ativo caia e desvalorize. Por acreditar nisso, ele vende a ação, ainda sem tê-la, e depois recompra com o preço mais baixo e ganha com essa diferença. Claro que, se na hora de comprar o valor estiver mais alto, o investidor terá prejuízo.

Para entender melhor o que é entrar vendido em uma operação, vamos compartilhar aqui no blog o exemplo bem didático que nosso sócio Maicon Melo ensina no treinamento DAY TRADE DO ZERO. Você vai perceber que lucrar nessa estratégia pode fazer parte do seu dia a dia.

 


EXEMPLO OPERAR VENDIDO

Pense que você mora em uma região valorizada e que raramente há imóveis para venda. Em um dia, conversando com o seu vizinho, ele comenta que está se aposentando e quer vender o apartamento por R$ 1,3 milhão. Essa é uma informação privilegiada! Tanto que, durante um encontro com amigos, você descobre que um deles quer comprar um apartamento próximo ao seu. Já na hora, você diz que tem uma oportunidade e questiona a faixa de preço que estaria disposto a pagar. A resposta é de R$ 1,4 milhão. Sem considerar as questões burocráticas, você entra vendido nesta transação e lucra R$ 100 mil.

MAS, CUIDADO! No mercado financeiro o compromisso assumido deve ser liquidado. Ou seja, você fechou a negociação de venda do apartamento com seu amigo, mas quando foi comprar o imóvel o seu vizinho aumentou para R$ 1,5 milhão. Isso significa prejuízo e você deve arcar com R$ 100 mil para cobrir a diferença.


 

Vantagens X Riscos

Como você conferiu no exemplo acima, operar vendido tem vantagens e riscos – como todo investimento na Bolsa de Valores. Por contar com um grande grau de especulação, costuma ser mais arriscado para quem não está tão familiarizado ou confiante na estratégia. Por outro lado, dominar esse tipo de operação garante ao investidor diversificar sua atuação e lucrar em ambas as posições, sempre seguindo o gerenciamento de risco.

 

Tome a decisão certa

Talvez você não esteja tão acostumado com a lógica de entrar vendido, mas como chegou até aqui provavelmente já entendeu como ela funciona, certo? O fluxo mais natural para o investidor iniciante é operar comprado: primeiro você compra o ativo, deixa-o valorizar e vende mais caro depois.

Independente da operação, você deve saber que essa tomada de decisão deve ser feita dentro da sua estratégia, com análises que indiquem o comportamento do mercado em determinado momento. Por isso, é tão importante investir em treinamento profissional para operar na Bolsa de Valores e contar com indicador assertivo, como o OT Sniper, que auxilie a tomada de decisão na hora de comprar ou vender.

 

Aguce seu espírito investidor e fique de olho nas oportunidades que passam bem na sua frente!

Posts Relacionados