Blog da Online Traders

Qual corretora de valores devo escolher?

Inscreva-se em nossa Newsletter

Deixe seu email e tenha acesso antes aos nossos conteúdos.

Qual corretora de valores devo escolher?

Corretora - Bolsa de Valores - Day Trade - Ações

Aprenda a escolher a melhor corretora para operar no Day Trade e Mercado de Ações.

Se hoje você precisar alugar ou comprar uma casa, por onde começaria a procurar? Provavelmente, você lembrou de alguma imobiliária, pois este é o caminho mais rápido e assertivo. É ela quem vai te mostrar as opções e intermediar a negociação entre você e o proprietário do imóvel, garantindo que o contrato seja atendido por ambos. No mercado financeiro essa mediação é feita pelas corretoras de valores, que fazem este meio de campo. Mas, com uma diferença fundamental: para investir na Bolsa de Valores você precisa contratar uma corretora. Não tem como fugir!

Mas, calma, que não é um bicho de sete cabeças. Pelo contrário, contar com uma boa corretora te dará segurança e tranquilidade para fazer suas operações na Bolsa de Valores, seja em Day Trade em futuros, investindo em Ações ou outras modalidades.

 

E o banco tradicional?

Sim, é possível investir seu dinheiro com as opções disponibilizadas pelos próprios bancos. Porém, os tipos de aplicação costumam ser muito limitados e muitas vezes, como no caso de pequenos investidores, ficam restritos à poupança. Geralmente, os investimentos mais rentáveis são direcionados aos clientes “premium”.

Isto é mais democrático nas corretoras! Todos podem ter acesso às aplicações, atendendo ao limite mínimo de cada modalidade. Outras vantagens são as taxas de corretagem menores e a maior variedade de investimentos.

 

Escolhendo a corretora

Para escolher a corretora ideal para você, verifique se ela atende os requisitos a seguir, priorizando o que é mais indispensável para você. Ah, e saiba de antemão que neste mercado há bastante concorrência. Entre as maiores estão BTG, XP, Rico e Genial, mas há outras que você pode se identificar. Vale a pena sondar!

 

1- Autorização da CVM

Consulte as corretoras autorizadas pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Somente elas podem operar no Brasil. Clique aqui e confira. Você também pode encontrar neste link as instituições que atuam na Bolsa de Valores.

 

2- Pacote de benefícios

Até pela própria concorrência, as corretoras costumam ter pacotes de benefícios diferenciados, com isenção de algumas tarifas, por exemplo. Conheça os detalhes e avalie qual é o pacote mais atrativo para seus objetivos. Coloque na balança a cobrança de taxas porque, afinal de contas, essa despesa vai impactar nos seus rendimentos.

 

3- Avaliação do mercado

Dê uma sondada – e pode ser no próprio Google – o que andam falando sobre as corretoras. Pesquisar a reputação tanto sob o ponto de vista do mercado, com rankings oficiais, como opinião dos usuários pode te ajudar a entender melhor os bastidores de cada corretora. Anote suas dúvidas e questione a empresa, caso esteja pensando abrir conta nela.

 

4- Portfólio diversificado

Mesmo que você esteja dando o primeiro passo, não tenha medo de pensar grande. Avalie tudo o que a corretora possa te oferecer no curto, médio e longo prazos. Ter soluções com variedade de investimento pode te poupar tempo quando você estiver pronto para impulsionar sua jornada. Além de te dar aquele incentivo a mais para montar uma estratégia diversificada – regra de ouro de todo investidor de sucesso (leia mais).

 

5- Ferramenta de trabalho

Para vender e comprar ações, as corretoras disponibilizam aos seus clientes o acesso a uma ferramenta chamada home broker. Como esse sistema costuma ser diferente em cada instituição, verifique se a ferramenta é completa, segura e de fácil utilização para você.

 

6- Atendimento e suporte

Contar com atendimento ágil e suporte eficiente são essenciais para você sentir confiança para decolar como investidor. Então, você precisa ter em sua rotina um sistema ágil e intuitivo para operar. Mesmo com todas as facilidades da conta digital, não esqueça de avaliar o suporte porque, quando você menos espera, vai precisar muito dele. Seja para responder suas dúvidas, dar apoio em transações ou disponibilizar análises para novos investimentos, ter um suporte sempre atento faz toda a diferença.

 

E agora, pronto para investir? Lembre-se: a contratação da corretora costuma ser uma etapa posterior ao seu conhecimento de mercado. Se você busca treinamento para operar na Bolsa de Valores, como Day Trade ou Mercado de Ações, procure uma instituição reconhecida e focada em educação financeira.

Para saber mais, clique aqui.

Posts Relacionados