Blog da Online Traders

O que é mercado futuro? Entenda tudo sobre o assunto

Inscreva-se em nossa Newsletter

Deixe seu email e tenha acesso antes aos nossos conteúdos.

O que é mercado futuro? Entenda tudo sobre o assunto

o que é mercado futuro

Já ouviu falar em mercado futuro? Chegou a hora de entender de uma vez por todas o que é e como funciona!

 

Para quem quer diversificar suas exposições nas operações, a renda variável oferece inúmeras opções.

Boa parte delas estão entre as ações, fundos imobiliários e ETFs, por exemplo.

Mas, se você quer ir além, precisa conhecer o mercado futuro e suas possibilidades.

O mercado futuro permite ao investidor expor sua carteira aos derivativos. Com isso, torna-se possível investir em ativos como ouro, dólar, café, entre outros.

Existe, inclusive, a possibilidade de trabalhar com a especulação, que é a compra e venda de ativos com objetivo de obter lucro no curto prazo.

Para te ajudar a entender mais, vamos falar sobre o mercado futuro no post de hoje, com tudo que você precisa saber para fazer bons investimentos.

 

O que é mercado futuro?

O mercado futuro é um espaço virtual onde os investidores negociam contratos com vencimento em uma data futura.

Essa negociação pode ser acessada através do home broker da sua corretora de investimentos.

O prazo de liquidação é a principal característica que define o mercado futuro.

Normalmente, no mercado à vista, como o de ações, o prazo de liquidação para que o ativo seja registrado no seu nome é de dois dias úteis.

Já no mercado futuro, essa liquidação acontece em uma data à frente, previamente definida em contrato.

Além disso, no mercado futuro é possível operar com ativos que não estão disponíveis de outras formas, incluindo o dólar, por exemplo.

Como derivam desses ativos, os contratos futuros são chamados de derivativos.

 

O funcionamento do mercado futuro

Agora, vamos falar sobre alguns conceitos que definem melhor o mercado futuro e seu funcionamento.

 

Contrato futuro

O derivativo negociado no mercado futuro é chamado de contrato futuro. Basicamente, ele representa um acordo de compra ou venda em uma data futura sobre determinado ativo.

Entretanto, o que está sendo negociado, geralmente, são os direitos sobre as oscilações do valor desse ativo.

Assim, isso não significa que você terá que ficar com esse ativo quando a data de efetivação de compra chegar.

Da mesma forma que acontece com qualquer outro ativo, os derivativos podem sofrer lucro ou prejuízo, dependendo da sua negociação.

 

Ajustes diários

Vamos pegar a referência das ações para entender os ajustes diários no mercado futuro.

Ao comprar uma ação, você está ciente de que, eventualmente, seu valor pode cair.

Entretanto, seu prejuízo só se consolida se você efetivar a venda em um período de baixa.

Contudo, no mercado futuro, não é isso que acontece. Neste caso, à medida que o mercado dita o preço do derivativo, os lucros e prejuízos são creditados ou debitados de sua conta automaticamente.

Essa movimentação é chamada de ajuste diário e requer saldo em conta para que você não fique devendo ao mercado.

 

Alavancagem

A alavancagem é uma forma de operar com valores acima do que o investidor realmente tem em conta.

Essa é uma possibilidade do mercado futuro, permitindo a negociação de ativos com valores muito mais altos do que o capital disponível.

Contudo, para utilizar a alavancagem é necessário dispor de uma margem de garantia.

Se o preço dos ativos negociados sofrer uma variação negativa, essa margem deve cobrir a variação.

É uma exigência das corretoras para que se possa utilizar a alavancagem no mercado futuro.

 

Os principais derivativos disponíveis no mercado futuro

Veja, agora, quais são os principais derivativos que você pode operar no mercado futuro.

 

Índice

Os contratos de índice derivam de indicadores como o Ibovespa, que mede o desempenho das principais empresas listadas na B3.

Comprando um contrato de índice, você tem a possibilidade de lucrar com a perspectiva de valorização da bolsa.

 

Dólar

Como você pode imaginar, os contratos de dólar dão o direito a negociar a moeda norte-americana.

Tanto o índice quanto o dólar apresentam opções de contratos cheios e também os chamados minicontratos.

A diferença é que os minicontratos são frações dos contratos cheios, permitindo operar com capital menor.

São ótimas opções para traders que estão começando na bolsa de valores e estão entre as principais negociações feitas no Day Trade.

 

Commodities

As commodities também podem ser negociadas pelo mercado futuro. São produtos considerados bens materiais de alto valor, como café, soja, milho, bovinos, entre outros.

 

A melhor forma de trabalhar com o mercado futuro

Agora que você já sabe o que é mercado futuro e como ele funciona, vamos à prática.

A melhor forma de operar dentro do mercado futuro é com o Day Trade.

Ele possibilita uma movimentação com possibilidades de altos ganhos em curto prazo, ideal para quem procura liquidez.

Entretanto, é necessário muito conhecimento, já que esse tipo de operação envolve riscos específicos.

Se você tem interesse no mercado futuro, conheça o treinamento Day Trade do Zero, da Online Traders, e opere com segurança, confiabilidade e solidez.

Posts Relacionados