Blog da Online Traders

O que é especulação financeira e como trabalhar com ela?

Inscreva-se em nossa Newsletter

Deixe seu email e tenha acesso antes aos nossos conteúdos.

O que é especulação financeira e como trabalhar com ela?

o que é especulação financeira

Entenda de uma vez por todas o que é especulação financeira, como operar na Bolsa com ela e quais são os riscos.

 

Existem inúmeras estratégias e formas de operar na Bolsa de Valores. Algumas são mais complexas, outras menos.

Porém, um fato em comum entre todas é que elas geram dúvidas em quem ainda não está familiarizado com essas operações.

No post de hoje, vamos falar sobre a especulação financeira, que é uma das modalidades de operação na Bolsa.

Você vai entender melhor como ela funciona e como pode ser usada para lucrar.

 

O que é especulação financeira?

Especulação financeira é o ato de negociar um ativo na intenção de lucrar com a variação de seu preço.

Mas há um detalhe: a especulação visa geralmente a variação de curto prazo, geralmente dentro de horas ou até minutos.

Assim, especular é criar uma estimativa do que pode acontecer dentro dos próximos momentos e esperar que o resultado seja o previsto.

A especulação tem alto risco financeiro, já que se trata de uma estimativa que pode não se cumprir.

 

Qual a diferença entre especulação e investimento?

No investimento, você compra um ativo e espera lucrar com a posse dele. É o caso, por exemplo, das ações e dos fundos imobiliários, que pagam dividendos aos cotistas.

Já no caso da especulação, a intenção é comprar e vender em um curto prazo aproveitando-se da volatilidade desse ativo.

O especulador precisa ter a consciência de assumir os riscos se quiser a oportunidade de aproveitar os altos ganhos.

Além disso, a especulação permite operar até mesmo em momentos de crise ou alta volatilidade.

Já os investimentos podem se desvalorizar fortemente se o cenário não for favorável onde o investidor mantém a posição.

 

Tipos de especulação financeira

Existem vários tipos de investimentos, como ações, renda fixa, fundos de investimentos, fundos imobiliários, entre outros.

Com a especulação financeira é a mesma coisa. Você não está preso a somente um tipo de especulação.

Vamos falar sobre os mais comuns logo abaixo.

 

Day Trade

A especulação no Day Trade é aquela que começa e termina no mesmo dia. Os traders compram e vendem dentro de algumas horas, buscando o lucro no curtíssimo prazo.

A vantagem é que você não está exposto ao risco de desvalorização que acontece de um dia para o outro.

 

Swing Trade

Já no Swing Trade, o especulador mantém sua posição no ativo durante mais de um dia, tentando aguardar uma oportunidade melhor.

Algumas estratégias são utilizadas nesse caso para diminuir a exposição ao risco, como a diversificação dos ativos.

 

Softwares

Existem softwares conhecidos como robôs traders que executam operações automaticamente de acordo com as especificações que você determina.

Assim, é possível programá-los para identificar as melhores oportunidades no mercado assim que elas aparecem.

Entretanto, a eficiência desses softwares não é tão confiável e eles exigem muito conhecimento técnico para serem programados.

A melhor alternativa é simplesmente definir parâmetros como stop loss e stop offset na sua plataforma.

 

Qual a função do especulador na Bolsa de Valores?

O ambiente de atuação do especulador é a Bolsa de Valores. É possível especular diversos ativos, como ações, contratos futuros com minicontratos de índice e de moedas.

O trabalho do especulador na Bolsa é encontrar oportunidades de negociação e fazer as operações de compra e venda de acordo com sua previsão do que vai acontecer.

Para isso é necessário conhecimento sobre o mercado, análise técnica dos gráficos e pensamento crítico.

Felizmente, já existem treinamentos como o Day Trade do Zero, que ensinam traders a operar, mesmo que eles não tenham nenhuma experiência com o mercado.

 

Quais são os riscos da especulação?

A especulação financeira é uma atividade que pode trazer retorno financeiro em pouco tempo.

Entretanto, como já falamos anteriormente, ela também é cercada de muitos riscos, devido à sua natureza, que é especular.

Se a especulação não estiver fundamentada no conhecimento e no estudo, o trader pode sair no prejuízo.

Contudo, quando você sabe o que está fazendo, esses riscos diminuem muito.

A especulação é uma ótima forma de ter altos ganhos em um curto período de tempo, mas ela deve ser feita por quem sabe o que está fazendo.

É por isso que o conhecimento financeiro e a análise técnica são tão importantes.

Elas dão ao especulador as armas necessárias para diminuir muito os riscos envolvidos nas operações.

Contudo, perdas sempre acontecerão. O trader deve ter ciência disso e saber que o sucesso vem do ato de não desistir logo na primeira perda.

Começar pequeno é fundamental.

Essa mentalidade é essencial para que a especulação financeira seja feita da forma mais proveitosa possível.

Novamente, se você quer aprender tudo que precisa saber para se tornar um bom trader especulando na Bolsa de Valores, conheça o treinamento Day Trade do Zero.

Posts Relacionados