Blog da Online Traders

Vale a pena investir em fundos de investimento?

Inscreva-se em nossa Newsletter

Deixe seu email e tenha acesso antes aos nossos conteúdos.

Vale a pena investir em fundos de investimento?

vale a pena investir em fundos de investimetno

Descubra se vale a pena investir em fundos de investimento e entenda melhor como funciona essa opção na bolsa.

 

Os fundos de investimento são opções de fácil gerenciamento para quem não tem tanto conhecimento sobre o mercado financeiro.

Uma das opções para investir sem ter que acompanhar tendências, analisar gráficos ou ficar atento ao mercado 24/7.

Mas será que realmente vale a pena investir nos fundos de investimento?

É o que você vai descobrir no nosso post de hoje sobre o assunto.

 

Vamos começar pelo começo. O que é um fundo de investimento?

Fundos de investimento são grupos formados por investidores e administradores.

Cada um desses grupos tem suas próprias regras, objetivos e metas.

No caso do investidor, o seu papel é aplicar recursos financeiros que serão usados pelos gestores do fundo para investir em diferentes ativos.

O intuito é arrecadar o investimento financeiro feito pelos cotistas (patrimônio), aplicá-lo em diferentes ativos gerando retorno aos cotistas.

 

Como funciona todo esse trabalho?

Para decidir se vale a pena investir em fundos de investimentos, você precisa saber como eles operam.

Primeiramente, os distribuidores “vendem” as cotas do fundo de investimentos aos cotistas (quem compra essas cotas).

Com o patrimônio arrecadado, o gestor faz os investimentos em diferentes ativos de diferentes categorias.

De acordo com o desempenho do fundo, são pagas as parcelas de lucro aos cotistas, de forma proporcional à quantidade de cotas de cada um.

Os cotistas, além de não poderem escolher quais ativos são operados, também não têm responsabilidades administrativas sobre o fundo.

 

Tipos de fundos de investimento

Fundo cambial: investe mais de 80% de seu patrimônio em moedas de outros países, como o dólar;

Fundo de ações: devem investir, no mínimo, 67% de seu patrimônio em ações negociadas na bolsa;

Fundo multimercado: opera em diversas frentes, como renda fixa, câmbio, ações e derivativos (principalmente para alavancagem);

Fundo de renda fixa: aplica pelo menos 80% de seu patrimônio em investimentos de renda fixa;

Fundos de previdência: é onde são aplicados os recursos de quem tem planos de previdência (PGBL e VGBL);

Fundo imobiliário: para os interessados em investir no mercado imobiliário sem ter que, necessariamente, comprar um imóvel.

 

É seguro investir em fundos de investimento?

O nível de risco desse tipo de operação varia conforme a carteira de cada fundo de investimento.

Como eles podem investir em qualquer tipo de ativo, também podem assumir qualquer tipo de risco.

Entre os principais, estão:

Risco de crédito: quando o emissor não consegue honrar com seus compromissos para pagar os lucros aos investidores. Aplica-se em fundos de renda fixa;

Risco de mercado: para ações. Quando o desempenho das ações vai na direção contrária da expectativa;

Risco de liquidez: dificuldade em liquidar operações sem redução de valor. Todos os fundos estão sujeitos a esse risco.

 

Quais as vantagens e desvantagens de investir em fundos de investimento?

Vantagens

Primeiramente, para investir em fundos não é necessário ter grandes quantias de capital.

Com menos de R$ 100,00 já é possível encontrar cotas de grandes  fundos no mercado brasileiro.

 

Além disso, poder contar com a gestão de um profissional qualificado para tomar decisões é ótimo para quem tem pouca experiência na bolsa.

O próprio investimento nos fundos também já é uma forma de diversificação. O patrimônio é alocado sempre em vários ativos diferentes.

Por fim, os fundos possibilitam investimentos que não seriam possíveis de outra forma.

 

Desvantagens

Pode ser muito caro investir nos fundos de investimento, devido às taxas cobradas pelas administradoras.

Apesar de ser fácil, é uma operação de alto custo, incluindo taxas, impostos e outros gastos.

Dessa forma, pensando no longo prazo, isso compromete a rentabilidade do investidor na grande maioria das vezes.

Além disso, estatísticas mostram que mais de 80% dos gestores não consegue ter desempenho acima do Ibovespa, que seria o melhor cenário para lucros.

 

Veredito: vale a pena investir em fundos de investimento?

Pelo nosso entendimento, não vale a pena investir em fundos de investimento por si só. É preciso diversificar ainda mais.

Os fundos são boas opções para quem tem pouco conhecimento ou não quer se dedicar tanto assim às negociações.

Entretanto, também é uma opção de alto custo, que pode não compensar no fim das contas.

Existem outras opções mais rentáveis e com melhor desempenho na bolsa e menor risco na Bolsa de Valores.

Entretanto, se você quiser investir nos fundos mesmo assim, lembre-se de verificar atentamente as taxas aplicadas.

Faça as contas e veja se realmente compensa investir em determinado fundo, ou se você acabará pagando muitas taxas e ganhando pouco lucro.

Além disso, não invista exclusivamente nos fundos. Tenha outras opções para diversificar a sua carteira e obter mais segurança com seu patrimônio.

Posts Relacionados